Temas para TCC e monografia: Qual a diferença?

Uma das maiores confusões que acontecem nos estudantes de cursos técnicos, profissionalizantes e até mesmo universitários, é entender e aplicar as atividades necessárias para a criação de um documento de Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) e aplicar as exigências específicas abordadas para a elaboração de uma monografia. Para aqueles que não fazem nenhuma das atividades acadêmicas citadas, essa dúvida é ainda mais frequente.

Mas realmente diferenciá-los pode ser um pequeno problema mesmo, já que a estrutura de ambos os trabalhos pode ser parecida. Um bom exemplo é pensar na diferenciação dos temas para TCC e dos temas utilizados para a elaboração de uma monografia. Como fazer para identificar o que se enquadra em uma situação, o que se enquadra em outra, e o caso que se enquadra em ambos documentos?

Essa pergunta é um tema interessante para se abordar, e vamos pensar em algumas coisas que podem te ajudar a facilitar o entendimento de cada um. Acompanhe:

Temas para Monografia

Pequeno trabalho de monografia em exibição.Para começo de conversa, é necessário destacar que a monografia pode sim fazer parte do seu TCC, mas ela não se resume apenas a essa oportunidade. A monografia pode estar presente em diferentes áreas e seguimentos, mantendo a mesma padronização de documentos. Em relação à escolha dos temas, você deve pensar neles de uma maneira mais geral, onde alguns casos podem ser usados como base do trabalho para a demonstração de uma questão maior.

E isso será fundamental quando colocarmos na mesa que nesse trabalho, geralmente, é solicitado o mínimo de 40 páginas de documentos prescritos dentro de normas e exigências prescritas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), sem esquecer das singularidades de cada instituição. E como a monografia nem sempre é aplicada ao final de um curso, contar com essa abrangência de tema será muito importante para a resolução do trabalho.

Temas para TCC

Aluna na elaboração de seu projeto de TCC.Quando o assunto é voltado para o TCC, a conversa muda um pouquinho. Basicamente, este projeto tem mais importância para um aluno do que o caso acima – aplicando essa afirmação dentro do campo acadêmico, claro. Não somente importância, mas principalmente o desenvolvimento deste trabalho conclusivo é muito mais extenso e até por isso é reservado um período maior para a produção e prática do mesmo.

Neste projeto, o termo “tese” precisa ser defendido em cima de um problema/questão existente e o aluno desenvolverá um estudo mais específico em cima de uma situação. Claro, esse trabalho não é engessado por inteiro, em muitos cursos sua aplicação prática é mais relevante do que o documento em si, o que se caracteriza como mais um ponto que distancia as atividades.

Para ambas as oportunidades, o orientador e à ABNT deverão ser estritamente presentes, e para o primeiro citado, é fundamental ouvi-lo conforme suas instruções. Isso fará toda a diferença na hora de aplicar técnicas para cada um dos trabalhos em questão.